Komix

Just another WordPress site

Jessica Jones

November 24th, 2015

Estreou na última sexta feria (20) a mais nova parceria entre Netflix e Marvel: Jessica Jones. Nessa primeira temporada contaremos com treze (13) episódios, que serão lançados todos de uma vez, apostando novamente no sucesso de outras séries lançadas neste formato. A série se passará já na conhecida Hell’s Kitchen, localizada na cidade de Nova York. Digo conhecida, pois na série Demolidor, o Demônio Vermelho enfrenta todos os seus vilões exatamente neste local. Já está previsto crossover  entre as séires, porém não será nenhum dos dois heróis que apareceram na série do outro (como ocorre em Arrow e Flash). A personagem que aparecerá na série será a enfermeira Clarie Temple, que ajuda o Homem Sem Medo em sua série. A séire tem o intuito de ligar não só o mundo do Demolidor, como também das próximas séries que vão estrear: Punho de Ferro e Luke Cage. Assim todas as quatro se desembocariam na esperada série dos Defensores.

Só que hoje não vim falar para vocês sobre a série (mesmo porque, ainda não assisti). Vou contar um pouco sobre a Jessica Jones dos quadrinhos. Porque, sempre tem adaptações necessárias (ou não) nas séries. E a melhor maneira de começar é contando a origem da personagem.

Como já foi dito, Jessica Jones é da cidade de Nova York e durante o inicio da sua adolêscencia ela estudara com o Peter Parker (inclusive ela estava presente no evento que ele fora picado pela aranha radioativa).  Os seus poderes se originaram após o carro de sua familia se envolver em um acidente com um caminhão que carregava produtos tóxicos ilegais (até onde pesquisei, não tem ligação com o acidente do Matt Murdock). O acidente matou toda a sua família, e deixou Jessica em um coma profundo. O seu despertar veio após um longo período e devido a batalha  entre os heróis da Terra e Galactus, devido a grande liberação de energia. A jovem então é colocada em um orfanato e adotada pouco tempo depois.

Após um tempo, Jessica descobre sobre os seus poderes: super força, voo e resistência sobre humana. Ela volta a estudar na mesma escola de Peter Parker, o que viria ser a sua inspiração a virar super heroína, já que precensiou uma luta do Homem Aranha contra o Homem Areia. Ela passa a adotar o nome de Safira para combater o submundo do crime. Mas, a sua carreira como heróina dá uma reviratavolta após se envolver em uma confusão num bar, onde o Homem Púrpura estava presente. O vilão usou seus poderes de controle mental para fazer com que Jones ficasse sobre seu comando, a torturando psicologicamente e a forçando a ajudá-lo em seus crimes. Após cerca de oito meses Jessica já não sabia mais o que era real e o que não era. E em uma dessas confusões mentais ela termina parando dentro da casa dos Vingadores e atacando a Feiticeira Escarlate. Os heróis, para salvarem sua companheira batem exageradamente em Jessica, que é salva pela Miss Marvel (Carol Danvers), que na época era a única que a conhecia. Após de muito tempo dentro da S.H.I.E.L.D., e com a ajuda de Jean Grey; ela retoma seu estado consciente e, também toma a descisão de abandonar a carreira de heróina.

Após esse fatidico episódio, Jones já não mais como heróina, abre uma agência de detetives particulares. Porém com tanto envolvimento com os mascarados, ela logo resolve encerrar a sua agência e trabalhar como reporter no Clarim Diário (foi na época de detetive que conhece Luke Cage).  Logo ela se tornou a responsavél pela coluna do jornal chamada The Pulse, onde ela cobria assuntos relacionados aos super seres. Neste momento de sua vida, Jones já estava casada com Luke e grávida do mesmo. Porém, suas colunas causaram atques de super vilões, o quea fez abandonar a carreira de jornalista.

A nossa heróina também teve passagem nos Jovens Vingadores como coadjuvante do grupo os auxiliando em algumas missões, e; durante a Guerra Civil, tanto ela como Cage ficam do lado da resistência, a obrigando a se mudar para o Canadá com o intuito de proteger a sua filha.

Biografia de personagem – Viúva Negra

September 29th, 2015

Com a estreia do segundo filme do Capitão América, resolvi trazer até vocês um pouco mais sobre uma das parceiras do patriota nesse filme, que também fez parte do primeiro filme dos Vingadores.

Existem duas versões da heroína. Na original, Natalia Alianovna Romanova, também conhecida como Natasha Romanoff ou Natalie Rushman. A sua primeira aparição foi na revista Tales of Suspense #52 em abril de 64. Ela ainda aparecia como uma vilã soviética. Somente em 1970, durante uma batalha contra o Homem-Aranha, na qual o seu novo uniforme fez muito sucesso entre os leitores, foi que os seus criadores resolveram trazer Romanova para o lado dos mocinhos. A inseriram do lado do bem como namorada do Demolidor(Daredevil #81-124; novembro de 1971 a agosto de 1975). Ao deixar as histórias do Herói Cego, com o pretexto que o namoro dos dois havia acabado, a colocaram em seu primeiro grupo de heróis, os Campeões. Formado por Hércules, Motoqueiro Fantasma, Homem de Gelo e Anjo, o grupo apareceu entre outubro de 1975 e janeiro de 1978.
Mais tarde, com o surgimento da S.H.I.E.L.D., e estando a organização recrutando somente os melhores, eles foram atrás da Viúva Negra, que não recusou o emprego e passou a fazer parte de uma das organizações de combate a supervilões mais eficientes do mundo. Graças às suas grandes atuações, quando os Vingadores se juntaram pela primeira vez a pedido da S.H.I.E.L.D. , ela foi convidada a entrar para o grupo, no qual mais tarde passou a ter um caso com o Gavião Arqueiro.


A outra versão da Viúva Negra é a do Universo Ultimate, onde ela ganhou um traje mecânico do Homem de Ferro no mesmo dia em que ele a pediu em casamento. Mas a espiã traiu a equipe de super-heróis quando atirou em Jarvis e quase matou o seu futuro marido. Ela passou a usar um traje do Homem de Ferro em uma versão feminina da cor preta. Natasha descobre a existência de uma nova Viúva Negra, a jovem espiã russa Yelena Belova. Esta queria superar a original, tentando se tornar a melhor ao carregar o nome da heroína. Mas Natasha armou um plano para deixá-la louca, tentando diminuir a tola insistência de glória da garota.

Quando ainda trabalhava para a KGB, a Viúva Negra passou por algumas experiências que retardaram o seu envelhecimento, aumentaram o seu sistema imunológico e reforçaram a sua resistência física, o que conta muito quando ela está enfrentando vilões com superpoderes. O seu tempo como espiã lhe rendeu um grande conhecimento sobre artes marciais e táticas militares. Nesse mesmo período, ela se tornou uma especialista em armas de fogo e espionagem.

Komix

Just another WordPress site

HTML5 Design by WPlook