Sobre Azrael

John Azrael

Foram criados os primeiros seres e as primeiras famílias, quando o universo ainda era pequeno. Essas famílias se desenvolveram, evoluíram, e para ajudá-las nasceram os anjos; verdadeiros orientadores desprovidos de livre arbítrio. Durante a evolução se desenvolveram em aspectos de poder, sabedoria e inteligência. Cada vez mais perto de verdadeiros seres de luz. No entanto um se desviou, Caim, tornando-se o anticristo; um puro ser de trevas. Confrontou vários seres de luz. Foi derrotado pelos primeiros, capturado e preso. No entanto, sem deixar sua marca. Seu sangue corrompeu vários anjos, tornando-os demônios. Mas, tudo regia o equilíbrio, os demônios viriam cumprir um papel vital na existência. O poder das trevas era muito poderoso, o poder corrompe… Para também orientar na evolução, demônios foram os “testes”, as “provas” da qualificação, das diversas almas existentes.

Demônios se alimentam de energia pura, sendo que  a mais poderosa delas é a alma. Mas, eles nem sempre conseguem livre acesso a nossa dimensão e, nem em nenhuma das sete principais. Apenas as dimensões adicionais. Pelo menos não de forma natural. No plano da 5ª dimensão, seres já próximos do nível Ser de Luz, são capazes de bater de frente mesmo com os mais poderosos demônios (possessão não funciona nesse nível, seres vivos não morrem por causas naturais e são extremamente poderosos, muitas vezes superando os mais poderosos demônios). E quanto mais alma o Demônio absorve, mais forte ele fica. Mas, não adiante só se alimentar. Ao negativar a alma, provocando medo, stress, nervosismo, coisas típicas de possessões; eles estariam não apenas aumentando o valor nutricional, como temperando seu alimento.

A função dos demônios é nos testar e com o tempo cumpriram o seu papel até bem demais. Ao invés de apenas se alimentarem, criam discórdias, guerras e fanatismo, pois assim atrasam a nossa evolução e garantem o seu alimento. Grandes líderes terroristas ou corruptos não venderam suas almas aos demônios, mas estão possuídos. A maior façanha de Lúcifer é fazer todos acreditarem que ele não existe. Esses líderes não agem como possuídos, parecem normais, vivem em família. Os demônios mais poderosos esconderam bem as suas ações, praticamente imperceptíveis. E às vezes, utilizam da própria biologia, como esquizofrenia ou outros distúrbios psicológicos pra se alimentarem. Não foram eles que criaram esses distúrbios, mas se aproveitam tão bem que não tem como identificar o momento em que a psicose virou possessão.

E por isso surgiu Azrael. Para ter acesso à magia mais poderosa que existe, a destruição de energia (energia não se destrói, apenas se transforma. Bem… é mentira! Só existe uma forma de destruir energia, e está trancada a 17 bilhões de chaves no canto mais escuro da existência, onde nem os seres de luz conseguem ter o devido acesso). A única forma que conseguiram acessar era através de outra magia, muito poderosa e proibida. Ao juntar um demônio (Azazel), com um anjo (Azrael) e esses novo ser se juntar a um ser de luz (John Kardeck); criou-se o ser mais poderoso que já existiu (Sem Nome). O poder é tanto, que dividiu em duas partes: duas almas que preenchem o mesmo corpo. John Kardeck, um humano normal e, Azrael o anjo da morte. Apenas quando o lacre, que divide as duas almas for rompido, o ser Sem Nome voltaria. E Azrael tem a função de conter os demônios.